Enquete Sobre a “Marcha dos Contra-Tudo” da USP, na Av. Paulista.

Ao som de tambores e com faixas com as frases “fora Rodas” e “fora PM”, estudantes da Universidade de São Paulo (USP) iniciaram, por volta das 16h desta quinta-feira, uma passeata de protesto cuja concentração foi na praça Oswaldo Cruz e seguiu pela avenida Paulista até a Consolação. O ato estava marcado para 14h. A Polícia Militar (PM), com o efetivo de 50 homens, acompanhou o protesto e interditou uma das faixas da avenida, para que os alunos passassem com segurança. A previsão era que os alunos parassem no Museu de Arte de São Paulo (Masp), mas a caminhada continuou.

A diretora do Diretório Central dos Estudantes (DCE) Camila Lui, 25 anos, estudante de Ciências Sociais, disse que o protesto decidiu englobar diversos movimentos sociais em convite pelo Facebook. “Trouxemos estudantes de cidades do interior e movimentos que estão no apoiando. Estimamos que cerca de 2 mil pessoas estão com a gente aqui hoje”, disse. Contudo, a assessoria de imprensa da PM estimou em [somente] mil o número de manifestantes presentes.

Ao passar pela avenida Paulista, os manifestantes receberam tanto apoio quanto desdém dos transeuntes. Enquanto uns acenavam em acordo com o protesto, outros xingavam os estudantes e reclamavam nos pontos de ônibus pelo trânsito causado. Foi o caso de duas senhoras que chegaram a discutir com um estudante e uma delas mostrou, inclusive, o dedo do meio para ele, que gritou: “treme, burguesia”. http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5487466-EI8139,00-Estudantes+da+USP+realizam+passeata+na+avenida+Paulista.html

Sim, amigos. Os “Presos Políticos”, em meio a uma e outra inebriação, imaginaram-se com seus charutos e fizeram da Av. Paulista sua Sierra Maestra. Mas por hoje chega de gargalhadas.
Em breve mais, aqui, sobre o assunto.

Anúncios
Comments
One Response to “Enquete Sobre a “Marcha dos Contra-Tudo” da USP, na Av. Paulista.”
  1. pedro disse:

    “Presos políticos”, esse pessoal quer brigar de esquerda dos anos 60 e 70. Se pá, vão querer separar o Pará após o plebiscito derrubando um Muro em Belém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: