Quando o Diabo cita as Escrituras

lula-banheira-de-sangue-480x364

Agora a pouco foi publicado um artigo do Ditador socialista e sanguinário, Fidel Castro, no Vermelho.org (aqui). O que me impressiona é como o apoio, por parte do governo brasileiro, a terroristas tem se tornado tão aberto e descarado.

Para quem não lembra, quando concorria para a Presidência do País, Lula, ao ser questionado pelo jornalista Bóris Casoy ao vivo, desmentiu a possível existência do Foro de São Paulo (aqui). Pela reação dele à pergunta do jornalista, parecia inconcebível que ele tivesse qualquer tipo de vínculo com tal absurdo. No entanto, após mais de 10 anos de governo petista, e sem avistar qualquer tipo de oposição, Lula já fala abertamente sobre tal organização, destacando sua importância na “luta” socialista na América Latina (aqui) e defendendo os “companheiros” das Farc.

Lula-na-bertura-do-Foro-de-São-Paulo

Voltando ao artigo do Fidel, destaco aqui o segundo parágrafo, que resume bem as concepções de Direitos Humanos e “amor ao próximo” do socialismo:

Não se trata simplesmente de que os mísseis de cruzeiro apontem para objetivos militares da Síria, mas que esse valente país árabe, situado no coração de mais de um bilhão de muçulmanos, cujo espírito de luta é proverbial, declarou que resistirá até o último alento a qualquer ataque a seu país“.

Se você ler o artigo todo, não irá encontrar qualquer menção ao uso de armas químicas nem à morte de milhares de civis naquele País. Ora, em nome da causa revolucionária, todos os meios são válidos. Mata-se gente lá, e aqui eles lutam por direitos humanos (aqui) e acusam os torturadores militares.

Lula e Presidente da Síria

De fato há diferenças entre ambos: enquanto o terrorista revolucionário tortura e mata por algo que está fora e acima da história, o militar aqui se valeu de meios que julgou necessários para evitar a concreta ameaça comunista.

A conclusão inevitável é: o revolucionário mente e faz isso da pior maneira possível; ele aponta os erros que ele mesmo comete somente quando tais erros são cometidos por outros, mas ele mesmo é imune a isso. A mentalidade revolucionária é violenta, é psicopata e é mentirosa.

“The devil can cite Scripture for his purpose” (William Shakespeare).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: