Nada de Novo no País das Jaboticabas

As eleições municipais e o julgamento do Mensalão são tratados conforme o roteiro, de há muito posto goela abaixo de tudo e de todos. E seguem-no à risca tanto o povo quanto a grande imprensa. Por parte do povo, ambos os temas são vistos com a costumeira miopia, agravada pelo horizonte cada vez mais curto que o olhar alcança, … Continue lendo

Pela Igualdade Racial e Pela Democracia, o Racismo Totalitarista

O episódio recente envolvendo o cantor Alexandre Pires, o futebolista Neymar, o funkeiro Mc Catra e a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, despido do ridículo e do absurdo que o envolvem quase por inteiro, guarda um fundo tenebroso, aqui já denunciado à exaustão: a tendência ideológica patentemente totalitária (e agora mais que … Continue lendo

Tocqueville, a Bananeira e o C4 Pallas

No Capítulo I de “A Democracia na América”, Alexis de Tocqueville relata os contrastantes aspectos naturais das Américas Saxônica e Ibérica. Conta-nos o francês que o “ambiente hostil”, “árido” e “difícil” do país dos Founding Fathers teria estimulado a laboriosodade de seu povo, perfazendo uma das causas de sua futura hegemonia econômica, qual servindo de … Continue lendo

NOTA: Vladimir Safatle na Carta Capital

Recebemos a informação de que o professor de filosofia Vladimir Safatle foi integrado ao time de “intelectuais” da Revista Carta Capital, já afamado por contar com  nomes de peso como Jean Willys e Mino Carta. Coerente, a Revista mantém, com a adição de Safatle (sobre o qual já falamos aqui) a seu quadro, por assim … Continue lendo

Gregos, Romanos ou Animais?

Em “Declínio e Queda do Império Romano”, Edward Gibbon nos conta que, mesmo sob o jugo da púrpura latina, os helênicos  mantinham grande orgulho da riqueza de sua língua materna, espelho mais fiel da superioridade e do brilho de sua inteira cultura. O latim peninsular, tido pelos gregos por nada mais que o tosco idioma do oficialato, era então o sinal inconteste da … Continue lendo

A Questão da Cracolândia: o Povo contra o Partido

Se a porcentagem de esquerdistas (em puro estado, conscientes dos métodos, valores e consequências de seu agir) depenpendurada nas diversas esferas governamentais, universidades e sedes político-partidárias brasileiras fosse a mesma quando considerado o todo populacional da nação, seriam consequências fatais o fechamento de empresas como a Gillette do Brasil e a Satânica Hamburgueria (dispensa-se o … Continue lendo

A Vaselina Obamista e Ron “KGB” Paul: a Anti-América.

Em Washington, a grama começa a crescer para cima, enquanto os rios nascem na foz e as vacas obamistas põem ovos em ritmo frenético. Afinal, nem poderia ser diferente. A verdade é que, em ano eleitoral, a lógica da traição à Democracia e à soberania se mantém com disciplina férrea na esquerda americana, como (por … Continue lendo

Contradições rumo à Concórdia: Rodas e os Paladinos dão as Mãos

Ontem (22/11/11), o Ilmo. Sr. Dr. Jorge Luiz Souto Maior (sim, sempre ele, o “Robbin Hood” franciscano dos mega-fones e dos tiros pela culatra), em coro com membros do SINTUSP, bem como com outros juristas-antilegalistas, encabeçou renovada e brilhante manifestação em “Aula Pública” na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da Universalidade de São Paulo, … Continue lendo

Nem a São Francisco Aguenta

A imagem acima é uma reconstrução artística dos doutores franciscanos, deixando a Casa, e da reação de uma senhora que ainda acreditava na inteligência, ao, epifanicamente, dar-se conta da grande e dupla cegueira (dela e deles). A imagem, de fato, é fiel. Politicamente, a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco/USP, antigo celeiro da … Continue lendo