Estamos de Volta

Estamos de volta. Após alguns anos de interrupção na produção dos cáusticos e pilhéricos artigos que se fizeram presentes na vida acadêmica dos autores, resolvemos voltar. Não se trata de um novo parágrafo seguindo o último ponto final escrito nesse blog. Nem tampouco um retorno a velhas reticências. Estamos levemente mais velhos, mais experientes. E, … Continue lendo

Quando o Diabo cita as Escrituras

Agora a pouco foi publicado um artigo do Ditador socialista e sanguinário, Fidel Castro, no Vermelho.org (aqui). O que me impressiona é como o apoio, por parte do governo brasileiro, a terroristas tem se tornado tão aberto e descarado. Para quem não lembra, quando concorria para a Presidência do País, Lula, ao ser questionado pelo … Continue lendo

Tocqueville, a Bananeira e o C4 Pallas

No Capítulo I de “A Democracia na América”, Alexis de Tocqueville relata os contrastantes aspectos naturais das Américas Saxônica e Ibérica. Conta-nos o francês que o “ambiente hostil”, “árido” e “difícil” do país dos Founding Fathers teria estimulado a laboriosodade de seu povo, perfazendo uma das causas de sua futura hegemonia econômica, qual servindo de … Continue lendo

Calem-se os “Non Gratae”

Dois temas serão aqui tratados, especificamente pertinentes ao dia de hoje, mas simultaneamente sinais fiéis desses nossos já prolongados tempos: as eleições para o DCE da USP e a proposta de revogação (a ser votada hoje) do título de “persona non grata” conferido ao Professor da Faculdade de Direito e Reitor da Universidade, João Grandino Rodas, … Continue lendo

A Hipocrisia Esquerdista e a Apoteose do Partidão

Nos “Escritos Políticos”, especificamente no capítulo “A Construção do Partido Comunista”, Antônio Gramsci considerou a luta contra o capitalismo compreendida sob três facetas: (i) a luta econômica, com o desenvolvimento dos sindicatos e do controle operário sobre a produção, além da luta pela eliminação do capitalismo; (ii) a luta política, com o escopo de limitar … Continue lendo

A USP em Oração: Fé na Greve e na Onça Pintada

Entre um e outro “ato de protesto” e “manifesto de repúdio”, o cheguevarismo uspiano, embora pavoneie-se de seu ateísmo fundamentalista, mostra que ainda enclausura algum apreço pelo Reino dos Céus. Apreço aliás muito presente, como se verá, ainda que sufocado em meio à espessa névoa de violência idológica e maquiavelismo satânico que o envolve. Tais … Continue lendo

CELAC: Fiel à Democracia na Saúde e na Doença? [2]

Ante todo o exposto,  depara-se com uma constatação ao mesmo tempo sombria e divertidíssima. Tendo em vista as práticas contínuas dos governos signatários da Convenção, assim como os objetos da militância ideológica que os mesmos cimentam no “democrático”  Foro de São Paulo, combinados com as normas aditadas ao Tratado, vê-se facilmente o seguinte: A CELAC, … Continue lendo

Enquete Sobre a “Marcha dos Contra-Tudo” da USP, na Av. Paulista.

Ao som de tambores e com faixas com as frases “fora Rodas” e “fora PM”, estudantes da Universidade de São Paulo (USP) iniciaram, por volta das 16h desta quinta-feira, uma passeata de protesto cuja concentração foi na praça Oswaldo Cruz e seguiu pela avenida Paulista até a Consolação. O ato estava marcado para 14h. A … Continue lendo